Cinco coisas que jamais devemos esquecer.

 

 

  01 -  Nunca esqueça de onde você veio (2 Samuel 7.8,9).

Essa lembrança promove, pelo menos, o sentimento de gratidão. Essencialmente o ingrato não é aquele que “não sabe dizer obrigado”, mas aquele que esqueceu o bem promovido a seu favor. Gratidão é necessariamente lembrança viva, não morta.

  

02 -  Nunca esqueça do motivo de seu fracasso espiritual (Apocalipse 2.5).

 Fazer besteira é inevitável.  Se dissermos que não temos pecado, fazemos Deus mentiroso e sua verdade não está em nós. O que devemos evitar é não aprender com o erro.  Lembrar de onde caímos nos faz mais prudentes e vigilantes.

   

03 -  Nunca esqueça do poder de sedução do mal (Lucas 17.32)

O mal tem o poder fenomenal de atrair para depois destruir. Olhar para trás nada mais é do que ter saudades do prazer gerado pela iniqüidade humana.

    

04 -  Nunca esqueça de que antes era muito pior (Deuteronômio 24.18).

Egito tomou o significado, para nós cristãos, da antiga vida dirigida pelo diabo.    Antes de ouvir e crer no Evangelho de Jesus Cristo nossa vida era a não-vida.    1 Pe.2:9,10.

 Sem liberdade, sem sossego, sem paz, sem esperança. Portanto, o pior de hoje ainda é melhor que o melhor de antes.

    

05 -  Nunca esqueça de reservar tempo para se dedicar ao Senhor (Êxodo 20.8-11).

A gente tem tempo para tudo, inclusive falta tempo para a gente mesmo. Seja como for, jamais exclua o Senhor de sua agenda. Longe da “diolatria”, tenha um tempo de descansar no colo do Pai.

 

 

Importante

 

 

Há algum tempo, a imprensa publicou algumas declarações do físico Stephen Hawking sobre o futuro do planeta Terra.

Os conceitos não são bíblicos. Ele é um dos maiores defensores da teoria do Big Bang para a origem do Universo.
Mesmo assim, suas palavras me impressionaram porque, apesar de seu foco ser diferente, ele acabou reforçando a profecia bíblica.


Em uma entrevista ao site Big Think, ele disse: 

"Vejo grandes perigos para a raça humana.  A soluçao seria abandonar o planeta.  Ele reafirmou que, se os seres humanos nao deixassem a terra nos próximos cem anos, serao uma espécie extinta da terra, assim como foi com as várias espécies de animais e palntas.  Segundo ele, atualmente existem muitas ameaças, como a guerra, a exploraçao excessiva de recursos naturais e a superpopulaçao do planeta.  Ele sugere aos habitantes da terra que se espalhem pelo espaço sideral.  E ainda fala do risco da invasao por extraterrestres. Segundo ele, o futuro é o espaço".

 

Ele, Stephen Hawking nao está errado em tudo... em seu ponto de vista esta muito mais que certo, iremos sem duvida morar nos ares com Jesus. E isso nao deixa de ser o "espaço sideral". 

 

Na Biblia, em 1 Tessalonicenses 04:16,17 está escrito que Jesus descerá do céu e nos arrebatará entre nuvens, nos ares, para estarmos para sempre com ele. Aliás isso será o cumprimento da palavra dita por Jesus aos discípulos em João 14:02,03 onde Ele afirma que vai para o céu nos preparar lugar e que depois (já se passaram quase 2000 anos) ele voltará para nos buscar, creia nisso e rejeite argumentos contrários!

 
 

O problema apontado, porém, são as distâncias.

A estrela mais próxima da Terra, depois do Sol, está a mais de quatro anos-luz, (1 Ano-luz é uma medida de comprimento, com valor aproximado de 10 trilhões de quilômetros. As espaçonaves atuais levariam 50 mil anos para chegar até lá). Portanto, isso seria nada mais nada menos de 40 trilhoes de quilometros e / ou 200 mil anos para chegar lá.

O diagnóstico de Hawking é interessante e inclusive tem relação com a visão bíblica.

Nosso planeta não tem como resistir muito tempo mais.

Se Jesus não voltar logo, o mundo corre o risco de se autodestruir.

Mas sabemos que será a ação direta de Deus que vai pôr fim à história da Terra.

Chama a atenção, porém, o modo pelo qual os próprios cientistas têm destacado cada vez mais essa realidade.

Eles mesmos reconhecem que o mundo chegou ao seu limite.
Se aqueles que não aceitam a Bíblia conseguem enxergar e anunciar tão claramente essa situação, o que devemos fazer nós, que nascemos para proclamá-la e já a conhecemos há tanto tempo?

 Não deveríamos buscar todos os meios para anunciar as coisas que estão para acontecer e já foram profetizadas nas páginas sagradas?

Será que as pedras vão falar primeiro, para que depois tomemos coragem?
Temos uma razão a mais para anunciar a mensagem em alta voz: conhecemos a verdadeira solução!

Enquanto cientista influentes como Stephen Hawking, considerado um dos mais importantes físicos do planeta, conseguem encontrar apenas o problema, nós temos a saída. Isso nos torna ainda mais responsáveis por anunciar essa mensagem.
Não precisamos fugir do planeta.

Não precisamos de naves para chegar ao espaço ou de outros mundos para habitar. Não precisamos temer uma invasão de extraterrestres.

Não precisamos de soluções complexas para as ameaças do futuro.

 Pecisamos, sim, conhecer as simples orientações da Palavra de Deus e nelas acreditar.

Precisamos crer que o "Senhor não retarda a promessa, ainda que alguns a têm por tardia" (2 Pedro 03:09). "não tornando mal por mal ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo, sabendo que para isto fostes chamados, para que, por herança, alcanceis a bênção."  Precisamos colocar nossa esperança no momento em que o Senhor vai aparecer nas nuvens e nos levar ao Seu encontro. Então, viveremos com Deus por toda a eternidade

l Tesalonissence0s 04:17 ....depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor.

Este é o momento de renovar nossa esperança.

Este é o tempo de comprometer nossa vida com grandes e ousados movimentos, dirigidos pelo Espírito Santo, para anunciar a verdadeira solução para as ameaças do futuro.

A Bíblia tem a resposta. Espero que não precisemos de mais cem anos para que seja escrito o último capítulo da história.
Quando vejo a igreja se levantando na primeira hora de cada dia para buscar o batismo diário do Espírito Santo, e saindo às ruas, sem medo, para anunciar nossas mensagens bíblicas distintivas, entendo que o grande momento está chegando.

 Por outro lado, enquanto a igreja se levanta de maneira mais evidente, o mundo cai de maneira ainda mais degradante.

Moral, família, sexualidade, honestidade, espiritualidade e ecologia estão se degenerando rápida, visível e descontroladamente.

Quando vejo essa combinação a igreja se levantando poderosamente diante de um mundo que está caindo violentamente posso reconhecer que o cenário está montado para os últimos grandes acontecimentos.

 É tempo de haver reavivamento; vida espiritual mais profunda.

E que o resultado seja um estilo de vida comprometido com a Palavra de Deus e com o despertar do espírito missionário sem precedentes.

 

 

Está chegando o verdadeiro tempo de sairmos deste mundo. Esteja preparado!

 

 

Estudo realizado por Pastor Rogério Costa

Caxias do Sul – 06/05/13

 

 

Ministério Igualdade Independente

www.ministerioigualdadeindependente.webnode.com.br

Projeto Plantar

www.projetoplantar.webnode.com

 

Envie um comentário sobre o que voce achou deste link!

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário