Capelania Hospitalar

 

 

Pela graça do Nosso Senhor Jesus Cristo, eu Pastor Rogério Costa, concluo mais uma etapa muito importante na minha carreira Ministerial Eclesiástica Pastoral, Evangelistica, Missionária. A Capelania Hospitalar. 

Pelo CPO Brasil - Centro Preparatório de Obreiros do Brasil.

    Hoje 20/10/2016 recebo a honra e a Certificaçao do Curso Capelania Hospitalar.   Para beneficio da sociedade me declaro apto para funçao Capelâmica Hospitalar.

Em nome de Jesus.

 

Capelania Hospitalar

Evidentemente um dos mais sublimes ministérios no tocante ao evangelismo e à assistência espiritual é o exercício da Capelania Hospitalar. Todas as áreas da Capelania oferecem assistência espiritual, mas na Capelania Hospitalar se evidencia na consolação para aqueles que padecem dor física, a fragilidade humana e a carência afetiva. A Capelania Hospitalar tem a finalidade de levar alívio emocional e consolo aos combalidos, confinados no leito de enfermidade e desesperançosos.

“…a ordenar acerca dos que choram em Sião que se lhes dê uma grinalda em vez de cinzas, óleo de gozo em vez de pranto, vestidos de louvor em vez de espírito angustiado; a fim de que se chamem árvores de justiça, plantação do Senhor, para que ele seja glorificado” (Isaías 61:03).

O consolo para a pessoa em sofrimento não é uma imposição, mas uma atividade realizada por pessoas sensíveis à dor do outro e traz alívio, socorro e demonstração de solidariedade. É certo afirmar que as pessoas hospitalizadas que recebem auxílio espiritual se recuperam sensivelmente mais depressa que as demais. Outro fator relevante da Capelania Hospitalar é o acesso ao paciente em estágio terminal, que precisa ou deseja ter uma chance de expressar suas últimas vontades, entre elas o anseio de estar com Deus do outro lado da vida. A Bíblia como regra de fé e prática dos cristãos, nos norteia, disciplina, adverte e nos ensina em justiça, a que façamos a vontade de DEUS e cabalmente a cumpramos.

“…estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitastes; estava na prisão e fostes ver-me” (Mateus 25:36).

 

 

 

AUTORIZAÇÃO E VALIDADE DE CURSOS

 

O Instituto CPO Brasil está legalmente amparado para o funcionamento e execução de todos os cursos oferecidos, possuindo respaldo pela Lei nº 9.394/96, pelo Decreto Presidencial nº 5.154 de 23 de julho de 2004 e pelas normas da Resolução CNE nº 04/99 – MEC (art. 7º, § 3º) de 7 de outubro de 1999.

Nossos Cursos são protegidos por lei, classificados como livres e de atualização ou qualificação.  Todos os Cursos são válidos em todo o território nacional e podem constar no seu currículo ministerial.  Os certificados emitidos pelo CPO Brasil tem validade para fins curriculares e em provas de títulos, como certificado de atualização/aperfeiçoamento.  O CPO Brasil age conforme permissivo legal, isto é, com o intuito de incentivo educacional, de acordo com a Constituição Federal em seu artigo 205, que prevê que a educação é direito de todos, e será incentivada pela sociedade, defendida também pelo artigo 206 da nossa Carta Magna, que prevê que o ensino será ministrado com base em alguns princípios e em seu inciso II: “a liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar pensamentos, a arte e o saber”.  Nossos Cursos são válidos, reconhecidos e recomendados paraos devidos objetivos de cada um pelo instituto em todo o Brasil.  Confirmamos o eficaz aprendizado de nossos alunos certificados, com a segurança e eficiência de nosso conteúdo e método de ensino.  Os cursos gratuitos permitem a impressão do certificado versão web gratuitamente.  Mas oferecemos também a opção especial para os alunos receberem pelos Correios a versão original do Certificado em papel adequado (180g) e com selo holográfico (A partir de 25/06/2015 os Certificados Originais passaram a possuir este selo), para a confecção e envio é apenas cobrado o valor necessário para cobrir estas despesas.  Temos o maior prazer de confeccionar e enviar para nossos alunos a versão Original do Certificado.  Emissão e envio de Certificado para todos os cursos oferecidos pelo CPO Brasil. Credencial Plástica semelhante a um cartão de banco emitida somente para alguns cursos específicos. Para o envio pedimos apenas a contribuição para as despesas de confecção e envio. Temos muito prazer em confeccionar e enviar a via Original dos Certificados para nossos alunos.

Atenciosamente
Centro Preparatório de Obreiros do Brasil - São Paulo

 

 

Finalidade do curso

 

Formar obreiros cristãos capacitados para contribuir com a necessidade de apoio espiritual bíblico à pacientes internados e acamados em casa. Oferecer apoio à família e ao enfermo que enfrentam a crise estabelecida em função da doença.
O Curso é Gratuito

Não existe nenhum custo para realização deste Curso! Graças as parcerias que realizamos. Não existe custos de mensalidades, anuidades e nem taxas extras.
Metodologia do curso e Certificado

O Curso é realizado Online e possui 2 Aulas, cada uma com Apostila Online e Vídeo de Apoio. Após responder a prova da primeira Aula e obter o mínimo de 7 pontos, será aberta a segunda Aula, e ao obter 7 pontos na prova desta segunda Aula será gerado automaticamente o seu Certificado de Conclusão do Curso, para que você possa imprimí-lo.  Caso não haja aproveitamento mínimo nas provas o aluno poderá estudar novamente os materiais e refazer a prova quando desejar. Mas informamos que o conteúdo explicativo do curso é muito claro e objetivo onde não será difícil atingir um bom resultado.  Desejamos bons estudos, que este curso seja benção para sua vida e ministério, em nome de Jesus!

 

Institucional

O Centro Preparatório de Obreiros do Brasil, denominado CPO Brasil. É uma organização de ensino compromissada com a eficaz preparação de obreiros para a igreja brasileira (Mt:9.37).  Através do nosso site oferecemos materiais como e-books, realizamos treinamentos e cursos a distância com o diferencial de valores acessíveis e até mesmo a disponibilização de cursos gratuitos para qualquer cristão, sem distinção de idade, experiência ou cargo eclesiástico.Oferecemos suporte gratuito para obreiros inscritos neste site. Disponibilizando apostilas, e-books, vídeos e áudios edificantes para o crescimento espiritual.  Desejamos agregar valor nos ministérios de nossos alunos e amigos. Oferecendo cursos que fazem a diferença no desempenho do trabalho cristão.

 

 

Em que cremos?

NA BÍBLIA

A Bíblia, as Escrituras, tanto Velho e Novo Testamento, são a Palavra de Deus inspirada sem erro nos escritos originais, e são a completa revelação de Sua vontade para a salvação dos homens, e a autoridade divina e final de toda a fé cristã e vida.

EM DEUS

Há um só Deus, Criador de todas as coisas, infinitamente perfeito e eternamente existente em três manifestações: Pai, Filho e Espírito Santo.

EM JESUS CRISTO

Tendo sido concebido pelo Espírito Santo e nascido da Virgem Maria. Ele morreu na cruz, o sacrifício completo e final para os nossos pecados, segundo as Escrituras. Além disso, Ele ressuscitou corporalmente dentre os mortos, subiu aos céus, onde, à direita da Majestade Eterna, Ele é agora o nosso Sumo Sacerdote e Advogado.

NO ESPÍRITO SANTO E NOS SEUS DONS

O ministério do Espírito Santo é glorificar o Senhor Jesus Cristo e durante seu tempo aqui na terra, de convencer os homens do pecado, regenerar o pecador, habitar em nós que somos Seu templo, nos guiar, instruir e capacitar-nos para uma vida de serviço cristão que abençoe nosso próximo e honre a Deus. O homem foi criado à imagem de Deus, mas caiu no pecado e, portanto, perdido, e só através da regeneração pelo Espírito Santo que pode obter a salvação e uma vida espiritual que lhe concede comunhão à Deus. E cremos nos dons espirituais concedidos através do Espírito Santo.

NA SALVAÇÃO

O sangue derramado de Jesus Cristo e Sua ressurreição fornecem a única base para a justificação e salvação para todos os que crêem, e só aos que recebem Jesus Cristo pela fé nascem do Espírito Santo e, assim, se tornarem filhos de Deus. O Retorno de Jesus Cristo - O pessoal, pré-milenar e retorno iminente de nosso Senhor Jesus Cristo é a nossa esperança e tem uma influência vital na vida pessoal e no serviço do crente.

NO BATISMO E COMUNHÃO (SANTA CEIA)

O batismo nas águas, é um testemunho da morte para o pecado e ressurreição para uma nova vida. O batismo nas águas é um símbolo do poder purificador do sangue de Cristo e um testemunho de nossa fé no Senhor Jesus Cristo. A Ceia do Senhor é uma reunião/culto memorial expondo de forma sagrada e simbólica da morte do Senhor Jesus Cristo; todos os verdadeiros crentes e apenas os crentes devem participar dele. Acreditamos na tomada regular de Comunhão (Santa Ceia) como um ato de recordar o que o Senhor Jesus fez por nós na cruz.

NO RELACIONAMENTO COM CRISTO

Nós acreditamos que cada crente deve estar em um relacionamento crescente com Jesus, obedecendo a Palavra de Deus, rendendo-se ao Espírito Santo e sendo conforme à imagem de Cristo.

NA IGREJA

A verdadeira Igreja é composta de todas essas pessoas, que através da fé salvadora em Jesus Cristo, tem sido regenerados pelo Espírito Santo e estão unidos no corpo de Cristo, do qual Ele é a cabeça.

 

Atenciosamente
Ministério CPO Brasil

 

 

 

Leis

Leis constitucionais e Lei que ampara a visita de Pastores

Dispõe sobre a prestação de assistência religiosa nas entidades hospitalares públicas e privadas, bem como nos estabelecimentos prisionais civis e militares.

 

 

                         

Presidência da República
Casa Civil
Subchefia para Assuntos Jurídicos

 

LEI No 9.982, DE 14 DE JULHO DE 2000.

http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/LEIS/L9982.

 

 

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1o Aos religiosos de todas as confissões assegura-se o acesso aos hospitais da rede pública ou privada, bem como aos estabelecimentos prisionais civis ou militares, para dar atendimento religioso aos internados, desde que em comum acordo com estes, ou com seus familiares no caso de doentes que já não mais estejam no gozo de suas faculdades mentais.

Parágrafo único. (VETADO)

Art. 2o Os religiosos chamados a prestar assistência nas entidades definidas no art. 1o deverão, em suas atividades, acatar as determinações legais e normas internas de cada instituição hospitalar ou penal, a fim de não pôr em risco as condições do paciente ou a segurança do ambiente hospitalar ou prisional.

Art. 3o (VETADO)

Art. 4o O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de noventa dias.

Art. 5o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 14 de julho de 2000; 179o da Independência e 112o da República.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
José Gregori
Geraldo Magela da Cruz Quintão
José Serra

Este texto não substitui o publicado no D.O.U de 17.7.2000

 

Lei que ampara a visita de Pastores

 

LEI QUE AMPARA O PASTOR À ASSISTÊNCIA RELIGIOSA EM HOSPITAIS PARTICULARES E PÚBLICOS


Artigo 5º, inciso II, Constituição Federal.
 

“Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei”.

Comentários:

1)      Somente haverá proibição para o pastor adentrar à um hospital se for expressamente proibida através de lei.

2)      O hospital deverá exibir a lei proibitiva.

Caso haja (o que atualmente não há) alguma lei proibitiva do pastor adentrar a qualquer hospital, estará essa lei infringindo norma Constitucional, portanto será, a referida lei, manifestamente inconstitucional, com base no artigo 5º, inciso VII, da Constituição Federal.


Artigo 5º, inciso VII, Constituição Federal.

“É assegurada, nos termos da lei, a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva”.

Comentários:
1)      Neste dispositivo da constituição federal fica claro o direito constitucional de o Pastor adentrar aos hospitais para dar assistência religiosa.

2)      A Lei 9.982, de 14.7.2000, é o dispositivo de legislação infraconstitucional que regulamenta as visitas em hospitais.
Inclusive os hospitais militares estão obrigados a permitir a assistência religiosa.

Lei 9.982, de 14.7.2000.

Que regulamenta a assistência religiosa em hospitais. (segue abaixo a íntegra da Lei promulgada pelo Presidente Fernando Henrique Cardoso):


LEI No 9.982, DE 14 DE JULHO DE 2000.

 

Dispõe sobre a prestação de assistência religiosa nas entidades hospitalares públicas e privadas, bem como nos estabelecimentos prisionais civis e militares.

        O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

        Art. 1o Aos religiosos de todas as confissões assegura-se o acesso aos hospitais da rede pública ou privada, bem como aos estabelecimentos prisionais civis ou militares, para dar atendimento religioso aos internados, desde que em comum acordo com estes, ou com seus familiares no caso de doentes que já não mais estejam no gozo de suas faculdades mentais.

      Parágrafo único. (VETADO)

        Art. 2o Os religiosos chamados a prestar assistência nas entidades definidas no art. 1o deverão, em suas atividades, acatar as determinações legais e normas internas  de cada instituição hospitalar ou penal, a fim de não pôr em risco as condições do paciente ou a segurança do ambiente hospitalar ou prisional.

        Art. 3o (VETADO)

        Art. 4o O Poder Executivo regulamentará esta Lei no prazo de noventa dias.
        Art. 5o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Brasília, 14 de julho de 2000; 179o da Independência e 112o da República.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO
José Gregori
Geraldo Magela da Cruz Quintão
José Serra
Publicado no D.O. de 17.7.2000

Os direitos dos pastores darem assistência religiosa aos pacientes internados em hospitais particulares e públicos são assegurados pela Constituição Federal e por Lei ordinária.

Ficam ainda ressalvados os direitos dos próprios pacientes de receberem visitas que lhes interesse, independentemente de condição religiosa.

http://www.planalto.gov.br/Ccivil_03/LEIS/L9982.htm

 

 

 

ATENÇÃO! AVISO!

 CAPELÃO (Ã) E UM MINISTRO RELIGIOSO 

Autorizado por dispositivo Autorizado por dispositivo da lei federal, a prestar assistência religiosa e a realizar cultos religiosos em comunidades religiosas, conventos, colégios, universidades, hospitais, presídios, corporações militares e outras organizações. 

             

PROIBIR UM CAPELÃO DE PRESTAR ASSISTÊNCIA RELIGIOSA

A lei pune, com pena de dois até cinco anos de reclusão, além das multas, os crimes resultantes de discriminação religiosa ou preconceito de raça, de cor, etnia, religião ou procedência nacional, e desrespeito a Constituição Federal.

 

 

Leis que embasam a Atividade da Capelania no Brasil

Lei Federal: 6.923 Art. 5º Inciso VII

É assegurada nos termos da lei a prestação de assistência religiosa nas entidades civis e militares de internação coletiva (hospitais, presídios) – Constituição Federal de 1988

Lei Estadual: 4.622 – 18/10/2005

Art. 1º – Fica no poder executivo autorizado a criar nos hospitais públicos do estado do Rio de Janeiro o serviço voluntário de Capelania hospitalar, com vistas ao atendimento espiritual fraterno dos pacientes internados e seus familiares. (Governadora Rosinha Garotinho)

Lei 4.154 – 11/09/2003

Altera a Lei 2.994 – 30/06/1998

Art. 1º – Fica autorizado o ingresso de capelães nos hospitais e demais casas de saúde da rede estadual e privada de todos os crédos. (Gov. Rosinha Garotinho)

Lei Municipal: 775 – 12/1985

Autorizo o ingresso de Ministros Religiosos solicitados para prestarem assistência religiosa aos enfermos. (Prefeito Marcelo de Alencar).

 

Obrigado Senhor Jesus Cristo por mais esta honra.

Att. Pr. Rogério Costa

 

 

 

Ministério Igualdade Independente

www.ministerioigualdadeindependente.webnode.com.br

Projeto Plantar

www.projetoplantar.webnode.com

 

Envie um comentário sobre o que voce achou deste linnk!

Capelania

Data: 29/08/2017 | De: Saber lima castro

Tem este curso por correspondência via correio

capelania

Data: 24/07/2017 | De: Lucimara

Paz de Senhor.
gostaria de saber como posso fazer o curso?

Capelania

Data: 15/06/2017 | De: William

Eu quero me enformar em capelania

Curso capelania

Data: 14/03/2017 | De: Henrique

Bom dia obrigado por ofertar este tão sonhado curso Realizei o meu Curso, Deus abençoe vocês

Capelania

Data: 22/02/2017 | De: missionaria Hilda Ma. Amorim de Souza

Excelente, muito bem explicado, meus parabens, Deus os abençoe .

Novo comentário