Animais e a Bíblia

A marcante presença dos animais na Bíblia

 

Obs: Aqui só consta alguns animais... Sao muitos outros, entre eles répteis, vermes, aves, insetos, etc.

 

Se lermos a Bíblia com atenção, veremos várias vezes a interação de Deus com os homens e com os animais, quer nas bençãos, quer nas maldições.

 

Como é dito no Gênesis, no princípio, Deus criou o céu e a terra. No quinto dia, Deus disse: - "pululem as águas de uma multidão de seres vivos, e voem aves sobre a terra, debaixo do firmamento dos céus." Deus criou os monstros marinhos e toda a multidão de seres vivos que enchem as águas, segundo a sua espécie, e todas as aves segundo a sua espécie, e Deus mandou que reproduzissem e enchessem as águas e a terra de seres vivos, então a tarde caiu e o quinto dia se fez. No sexto dia, Deus disse: "Produza a terra seres vivos segundo a sua espécie: animais domésticos, répteis e animais selvagens, segundo a sua espécie.Para o pesquisador norte-americano Kenneth Ham, autor dos livros “Dinossauros e a Bíblia” e “Um Novo Olhar Sobre os Dinossauros”, o fato de a ciência afirmar que os répteis gigantes eram vegetarianos os encaixa perfeitamente na criação original do Éden, onde não havia comedores de carne. Ham defende que os dinossauros fizeram parte dos animais criados por Deus no sexto dia e lembra que naquele tempo não havia morte, pois “era um mundo sem danos, com Adão, Eva e os animais, incluindo os dinossauros, vivendo em perfeita harmonia, comendo apenas folhas”. Para o autor criacionista, a queda do Homem, e não a de Satanás, foi a responsável pela quebra da harmonia, transformando os dinossauros em animais ferozes e hostis à humanidade.Entre os citados monstros na Bíblia, encontramos o “Leviatã” descrito no livro de Jó, 3:8. A descrição revela que era coberto por uma couraça impenetrável (41.7,15,29).Não pode ser facilmente tirado da água, é gigantesco (v.1).O fogo em forma de línguas em chamas saem de sua boca (v.20,21) e faz a água das profundezas ferver (v.31). Ainda sobre tal besta, algumas traduções bíblicas querem associar tal descrição a animais conhecidos como hipopótamos ou crocodilos. Mas comumente encontramos, também, outros animais, como leões, cordeiros, águias, corvos, gafanhotos e repteis como a cobra, este último muito famoso, pois, é o autor de toda a desgraça da humanidade por ter sido o animal escolhido por Satanás para enganar a ingênua Eva. Em Apocalipse 9 , esta mencionado que são libertados gafanhotos com cauda de escorpião, rosto de homem e boca de leão. Já em Apocalipse 12, temos : “um dragão vermelho com 7 cabeças e 10 chifres”.Ou ainda em Apocalipse 13 , encontramos: “uma besta semelhante a um leopardo com pés de urso e 10 chifres”. Em Daniel 7: temos a descrição um leão com asas de uma águia, um urso gigante e um leopardo com 4 cabeças e 4 asas e outra apenas identificada por “criatura terrível” onde seus dentes são de ferro com unhas de bronze e 10 chifres.Uma das razões porque a Bíblia não menciona a palavra “dinossauro", é devido ao fato deste nome ter sido adotado pela ciência sómente no século 19, através do britânico Richard Owen, significando (em grego) “lagarto terrível”. Mas a literatura antiga fala com freqüência dos dragões, cuja descrição se assemelha muito ao lagarto que os cientistas chamam de Tiranossauro. O Antigo Testamento fala de animais gigantescos que até hoje não foram identificados, como o Beemote e Raabe, além dos monstros marinhos do Salmo 148. Para estudiosos liberais, tratam-se de mitos, enquanto para os conservadores são o hipopótamo, o crocodilo e a baleia, descritos poeticamente. No entanto, a terceira interpretação sugere que sejam animais enormes desconhecidos, talvez os dinossauros.O pastor Russel Shedd, PhD em Teologia, é mais reticente: - “Não creio que poderemos encontrar qualquer referência aos dinossauros na Bíblia. O leviatã (de Jó 41.1 e do Salmo 104.26, na versão corrigida) parece ser um monstro marinho, o que não se encaixa no perfil dos dinossauros, enquanto o Beemote (de Jó 40. 15), parece ser mesmo o hipopótamo”. Shedd, porém, não descarta a existência dos lagartos terríveis que teriam dominado a Terra por 140 milhões de anos e desaparecido misteriosamente: “Para os que crêem no relato bíblico, temos duas possibilidades: os dinossauros terem existido antes da ‘recriação’ (Gênesis 1.2 e seguintes), ou então entre esta ‘recriação’ e o dilúvio. Um grupo de criacionistas, formado pelos que buscam as respostas na Palavra de Deus, defende esta última hipótese, acreditando que os dinossauros chegaram a conviver com os seres humanos. "Eu favoreço a idéia de que, depois de Deus criar o mundo, houve a queda de Satanás e seus anjos que hoje são os demônios. Se a ciência tem razão ao afirmar que o mundo tem 4 bilhões de anos, o que aconteceu antes da catástrofe que tornou a terra “sem forma e vazia” se encaixa naquela antiguidade de bilhões de anos", conclui.Se uma catátrofe efetivamente aniquilou toda a raça humana e a sua civilização, como a Bíblia ensina, então a Arca de Noé constitui uma dos maiores ligações remanescentes com o Mundo Antediluviano. Ela era, segundo a religião abraâmica, um grande navio construído por Noé, a mando de Deus, para salvar a si mesmo, sua família e um casal de cada espécie de animais do mundo, antes que viesse o Grande Dilúvio da Bíblia. A história é contada em Genesis 1-11 relata a criação da mundo, o surgimento do pecado, a decisão de Deus de destruir a sua primeira criação e começar de novo com Noé. A inundação foi enviada por Deus em resposta à oração de Noé, que aquela geração má deveria ser destruída; mas, como Noé era justo, ele continuou a pregar e setenta idólatras foram convertidos e entraram na arca com ele, elevando o total para setenta e oito pessoas a bordo (estes acrescidos de oito membros da própria família de Noé).

 

A ordem aqui nao representa a ordem Biblica.

 

Águias = Is.40:01,31 – Dt.32:11 – Jr.49:16 – Ez.01:10 – Ez.17:03-06-17 – Ap.04:07 – Ap.08:13

 

Abelha – Dt. 01:44 - Jz. 14:08 - Sl 188:12 - Is 07:18

 

Andorinha – Sl. 84:3 – Pv. 26:2 – Is. 38:14 – Jr. 08:07

 

Asno – Gn. 22:03 – Nm. 22:28 -  Dt. 22:10 -  Jz. 05:10 – Jz.10:04 - I Sm. 09:03 – Mt. 21:02

 

Baleia – Jó. 07:12 -  Ez. 32:02 – Mt. 12:40

 

Boi  -  Êx. 21:28 – Ex.22:01 – Ex.23:04 – Lv. 17:03 -  Dt. 05:14 – Dt. 22:01 -  Dt. 25:04 – Lc. 13:15 -  1Co. 09:09 - 1Tm. 05:18 - Nm. 18:17 – Jo. 21:10 – Is. 11:17 - Dt. 33:17 – Jo. 21:10

 

Cabra – Gn. 15:09 – Lv. 03:12 -  Lv.04:28 – Lv. 07:23 – Lv. 17:03 – Lv. 22:27 -  Nm. 15:27 – Nm. 18:17 – Dt. 14:4,5 -  1Sm. 19:13,16.

 

Camelo – Gn. 24:64 - 31:34 -  Lv. 11:40 – Dt. 14:07 – Mt. 03:04 – Mt. 19:24 -  Mt. 23:24 – Mc. 01:06 – Mc. 10:25 – Lc. 18:25

 

Cão – Êx. 11:07 – Jz. 07:05 - 1Sm. 17:43 – 1 Sm. 24:14 - 2 Sm. 03:08 – 2 Sm.09:08 – 2 Sm. 16:09 - 2Rs. 08:13 – Sl. 22:20 – Pv. 26:11,17 – Ec. 09:4 – Is. 66:03 - 2Pe. 02:22

 

Cavalo – Dt. 17:16 - 2Rs. 23:11 -  Jó. 39:19 – Sl. 32:09 - 33:17 - Is 31:1

 

Cegonha – Lv. 11:19 – Dt. 14:18 – Sl. 104:17 – Jr. 08:07 – Zc. 05:09

 

Chacal – Is. 34:13 – Jr. 09:11 – Jr. 51:37 – Mq. 01:08 – Ml. 01:03

 

Coelho – Lv. 11:05 – Sl. 104:18 – Pv. 30:26

 

 

Cordeiro / Ovelhas – Êx. 22:01,04,10 – Lv. 01:02 – Nm. 18:17 – Dt. 14:04 – Dt. 22:01 - 1Sm. 14:34 – 1 Sm. 17:34 - Êx. 29:39 – Lv. 03:07 – Lv. 04:32 – Lv. 05:06 – Nm. 06:12

 

Coruja – Lv. 11:17 – Dt. 14:16 – Is. 34:11,15

 

Corvo – Gn. 08:07 – Lv. 11:15,17 – Dt. 14:14,17 – Ct. 05:11 – Is. 34:11

 

Dromedário – Is. 60:06 – Is.66:20

 

Escorpião – Lc. 11:12 – Ap. 09:05

 

Formiga – Pv. 06:06

 

Gafanhto – Êx. 10:19 – Lv. 11:22 – Dt. 28: 38 – Jó. 39:20 – Sl. 119:23 – Ec. 12:05 - Jl. 01:04 – Jl. 02:25

 

Galo – Mt. 26:34,74,75 – Mc. 13:35 – Mc. 14:30,68,72 – Lc. 22:34,60,61 – Jo. 13:38 – Jo. 18:27

 

Gavião – Lv. 11:16 – Dt. 14:15 – Jo. 39:26

 

Javali – Sl. 80:13

 

Lagarto – Lv. 11:30

 

Leão – Jz. 14:05 -  I Sm. 17:34 - I Rs. 13:24 – Dn. 06:19 – Ap. 05:05

 

Leopardo – Is. 11:06 – Jr. 05:06 - 13:23 – DN. 07:06 – Os. 13:07 – Ap. 13:02

 

Lobo – Gn. 49:27 – Is. 11:06 – Is. 65:25 – Jr. 05:06 – Jo. 10:12

 

Mosquito – Êx. 08:21 – Mt. 23:24

 

Pardal – Sl. 102:07 - Mt.10:29,31 – Sl.84:03 – Lv.12:06,07

 

Peixe – Dt. 04:18 - 2Cr. 33:14 – Ne. 03:03 – Ne. 12:39 – Ne. 13:16 – Ez. 29:05 – Ez. 47:09,10 -  Jo. 01:17 – Jr. 02:01,10 – Sf. 01:10 – Mt. 07:10 – Mt.17:27 – Mc. 06:43 – Lc. 05:09 – Lc.11:11 – Lc. 24:42 – Jo. 21:09,13

 

Piolho – Êx. 08:16,18 – Sl. 105:31

 

Pomba – Is. 05:14 – Is.10:12

 

Porco – Lv. 11:07 – Dt. 14:08 – Is. 65:04 – Is. 66:03,17

 

Pulga - 1Sm. 24:14 – 1 Sm. 26:20

 

– Êx. 08:02,13 – Sl. 78:45 – Sl. 105:13 – Ap. 16:13

 

Raposa – Ne. 04:03 – Lc. 13:32

 

Rato – Lv. 11:29 – Is. 66:17

 

Sanguessuga – Pv. 30:15

 

Tartaruga – Lv. 11:29

 

Urso - 1Sm. 17:34,37 – Pv. 28:15 – Lm. 03:10 – Dn. 07:05 – Am. 05:19 – Ap. 13:02

 

Vibora (serpente venenosa) – Gn. 49:17 – Jó. 20:16 – Sl. 58:04 – Is. 30:6 – Is. 59:05 – At. 28:03

 


Estudo realizado por Pastor Rogério Costa

Caxias do Sul - Abril 2013

 

 

Ministério Igualdade Independente

www.ministerioigualdadeindependente.webnode.com.br

Projeto Plantar

www.projetoplantar.webnode.com

 

Envie um comentário sobre o que voce achou deste link!

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário