Teofania

Joao 01:32  E João testemunhou, dizendo: “Vi o Espírito descendo do céu como uma pomba e permaneceu sobre Ele.

 

Teofania é um conceito de cunho teológico que significa a manifestação de Deus em algum lugar, coisa ou pessoa. Tem sua etimologia enraizada na língua grega: "theopháneia" ou "theophanía".

É uma revelação ou manifestação sensível da glória de Deus, ou através de um anjo, algo surreal ou através de fenômenos impressionantes da natureza Também chamado de aparição, em teofania Deus usa desse método para aparecer a alguém em especial para mostrar ou revelar fatos do presente ou do futuro.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Teofania

 

 

O que é a Teofania?

 

Teofania é uma manifestação de Deus na Bíblia que é tangível aos sentidos humanos. Em seu sentido mais restritivo, é uma aparência visível de Deus no período do Antigo Testamento, muitas vezes, mas não sempre, em forma humana. Algumas das teofanias são encontradas nestas passagens:

 

1 - Gênesis 12:07,09 - O Senhor apareceu a Abraão em sua chegada na terra que Deus prometeu a ele e a seus descendentes.

2 - Gênesis 18:01,33 - Um dia, Abraão teve alguns visitantes: dois anjos e o próprio Deus. Ele os convidou para ir à sua casa, e ele e Sara os entretiveram. Muitos comentaristas acreditam que este também poderia ser um exemplo de Cristofania, uma aparência pré-encarnada de Cristo.

3 - Gênesis 32:22,30 - Jacó lutou com o que parecia ser um homem, mas era na verdade de Deus (versículos 28,30). Isso também pode ter sido um exemplo de Cristofania.

4 - Êxodo 03:02 - 04:17 - Deus apareceu a Moisés na forma de uma sarça ardente, dizendo-lhe exatamente o que queria que ele fizesse.

5 - Êxodo 24:09,11 - Deus apareceu a Moisés, com Arão e seus filhos e os 70 anciãos.

6 - Deuteronômio 31:14,15 - Deus apareceu a Moisés e Josué na transferência de liderança para Josué.

7 - Jó 38:42 - Deus respondeu a Jó de um redemoinho e falou longamente em resposta às perguntas de Jó.

Frequentemente, o termo "glória do Senhor" reflete uma teofania, como em Êxodo 24:16,18, a "nuvem" tem uma função similar em Êxodo 33:09. Uma introdução frequente de teofanias pode ser vista nas palavras "o Senhor desceu", como em Gênesis 11:05 - Êxodo 34:05 - Números 11:05 e 12:05.

Alguns comentaristas da Bíblia acreditam que sempre que alguém recebeu uma visita do "anjo do Senhor", isso era de fato Cristo pré-encarnado. Essas aparições podem ser vistas em Gênesis 16:07,14 - Gênesis 22:11,18 - Juízes 5:23 - 2 Reis 19:35 e outras passagens. Outros comentaristas acreditam que estes eram de fato angelofanias, ou aparições de anjos. Embora não existam Cristofanias indiscutíveis no Antigo Testamento, cada teofania na qual Deus assume forma humana prefigura a encarnação, quando Deus tomou a forma de um homem para viver entre nós como Emanuel, "Deus conosco"

Mateus 01:23.

 

Conclusao:

Pensar sobre a plenitude da vida que Deus planejou para aqueles que se tornam seus filhos, por meio da redenção em Jesus, não significa viver esta vida de plenitude. E isso é algo que precisaria nos incomodar todos os dias, 24 horas, de modo que não houvesse espaço para nos conformarmos em viver menos do que aquilo que Deus planejou de modo tão perfeito. O que temos deixado escapar, que não nos tem permitido fomentar este desejo de não querer menos do que o que Deus planejou? Por que nos satisfazemos com parcos milagres? Por que não nos incomoda o lugar comum na vida com Deus? Acredito que nossa incompreensão está diretamente ligada à oração que Paulo fez pelos Efésios; Efésios 03:1621:“Oro para que, com as suas gloriosas riquezas, ele (Deus) os fortaleça no íntimo do seu ser com poder, por meio do seu Espírito, para que Cristo habite em seus corações mediante a fé; e oro para que vocês, arraigados e alicerçados em amor, possam, juntamente com todos os santos, compreender a largura, o comprimento, a altura e a profundidade, e conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus. Àquele que é capaz de fazer infinitamente mais do que tudo o que pedimos ou pensamos, de acordo com o seu poder que atua em nós, a ele seja a glória na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre! Amém!”. Para que haja revelação é imprescindível haver comprometimento.

https://www.deusaindafala.com/2015/10/

 

Estudo realizado por Pastor Rogério Costa

Caxias do Sul – 22/12/15

 

Ministério Igualdade Independente

www.ministerioigualdadeindependente.webnode.com.br

Projeto Plantar

www.projetoplantar.webnode.com

 

Envie um comentário sobre o que voce achou deste link!

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!