O que é ser cheio do Espírito Santo de Deus?

 


Como beber o vinho de Deus?

 

Efésios 5:18 diz: “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”. Há, pelo menos, quatro efeitos de ser cheio do Espírito. Primeiramente, o versículo 19 mostra que o efeito é musical: “…falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor”. É evidente que a alegria em Cristo é a característica peculiar de ser cheio do Espírito.Mas não somente alegria. No versículo 20, encontramos a gratidão: “Dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo”. Gratidão perpétua, gratidão por tudo resulta de ser cheio do Espírito – e essa gratidão tem como alvo o vencer a murmuração, o descontentamento, a autocompaixão, a amargura, o queixume, a carranca, a depressão, a inquietação, o desânimo, a melancolia e o pessimismo!Mas os efeitos não são apenas alegria musical e gratidão por tudo; há também a submissão de amor às necessidades uns dos outros – “sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”. Alegria, gratidão e amor humilde – essas são algumas das marcas de ser cheio do Espírito.

Poderíamos acrescentar um quarto efeito: ousadia no testemunho cristão. Podemos ver isto com mais clareza em Atos 4:31: “Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus”. Nenhum crente deixará de ser ousado e zeloso no testemunho, se o Espírito Santo estiver produzindo nele alegria transbordante, gratidão perpétua e amor humilde. Oh! Como precisamos ser cheios do Espírito! Procuremos esse enchimento! Busquemo-lo!No entanto, há uma pergunta crucial: como podemos buscá-lo? Comecemos com a analogia mais próxima: “Não vos embriagueis com vinho… mas enchei-vos do Espírito” (v. 18). Como você se embriaga com o vinho? Você o bebe… em grande quantidade. Então, como ficaremos embriagados (cheios) com o Espírito? Bebamos dEle! Bebamos em profusão. Paulo disse: “A todos nós foi dado beber de um só Espírito” (1 Coríntios 12:13). Jesus disse: “Se alguém tem sede, venha a mim e beba. Quem crer em mim, como diz a Escritura, do seu interior fluirão rios de água viva. Isto ele disse com respeito ao Espírito” (João 7:37-39).Como podemos beber do Espírito Santo? Paulo disse: “Porque os que se inclinam para a carne cogitam das coisas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, [cogitam] das coisas do Espírito” (Romanos 8:5). Bebemos do Espírito cogitando das coisas do Espírito. O que significa “cogitar” das coisas do Espírito”? Colossenses 3:1-2 afirmam: “Buscai as coisas lá do alto… Pensai nas coisas lá do alto, não nas que são aqui da terra”. “Pensar” significa “procurar, dirigir a atenção para, preocupar-se com”. Significa “ser dedicado a” e “absorvido com”. Portanto, beber do Espírito significa buscar as coisas do Espírito, dirigir a atenção às coisas do Espírito, dedicar-se às coisas do Espírito.Quais são “as coisas do Espírito”? Quando Paulo disse: “Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus” (1 Coríntios 2:14), estava se referindo aos seus próprios ensinos inspirados pelo Espírito (1 Coríntios 2:13) – especialmente seus ensinos a respeito dos pensamentos, planos e caminhos de Deus (1 Coríntios 2:8-10). Então, “as coisas do Espírito” são os ensinos dos apóstolos a respeito de Deus. Jesus também disse: “As palavras que eu vos tenho dito são espírito e são vida” (João 6:63). Logo, os ensinos de Jesus também são “as coisas do Espírito”.Portanto, beber do Espírito significa cogitar das coisas do Espírito. E cogitar das coisas do Espírito significa dirigir nossa atenção aos ensinos dos apóstolos a respeito de Deus e às palavras de Jesus. Se fizermos isso por bastante tempo, ficaremos embriagados com o Espírito. De fato, ficaremos viciados no Espírito. Em vez de dependência química, desenvolveremos uma maravilhosa dependência do Espírito Santo.Mais uma coisa: o Espírito Santo não é como o vinho, porque Ele é uma pessoa e livre para ir e vir aonde quer que deseje (João 3:8). Por isso, temos de acrescentar Lucas 11:13. Jesus disse aos seus discípulos: “Ora, se vós, que sois maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai celestial dará o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?” Se queremos ser cheios do Espírito, temos de pedir isso ao nosso Pai celestial. E foi isso que Paulo fez pelos crentes de Éfeso. Ele pediu ao Pai celestial que aqueles crentes fossem “tomados [cheios] de toda a plenitude de Deus”  (Efésios 3.19). Beba do Espírito e ore.

 

 

"Como posso estar cheio do Espírito Santo?"

Um versículo chave que discute a plenitude do Espírito Santo neste tempo é João 14:16, onde Jesus prometeu que o Espírito habitaria os crentes em caráter permanente. É importante distinguir entre ter dentro de si o Espírito com estar cheio do Espírito. Ter permanentemente o Espírito habitando dentro de si não é para alguns poucos crentes, mas para todos. Há muitas referências nas escrituras que embasam esta conclusão. A primeira é que o Espírito Santo é um dom dado a todos os crentes em Jesus, sem exceção, e nenhuma condição é imposta a isto, a não ser a fé em Cristo (João 7:37-39). A segunda é que o Espírito Santo é dado no momento da salvação. Efésios 1:13 indica que o Espírito Santo é dado no momento da salvação. Gálatas 3:2 também enfatiza esta mesma verdade, dizendo que o selo e o ato de receber o Espírito aconteceram no momento em que se creu. Terceiro, o Espírito Santo habita em cada crente permanentemente. O Espírito Santo é dado aos crentes como garantia ou validação de sua futura glorificação em Cristo (II Coríntios 1:22; Efésios 4:30).Isto está em contraste com o mandamento para estarmos cheios do Espírito encontrado em Efésios 5:18. Devemos ceder ao Espírito Santo de tal maneira que Ele possa nos possuir totalmente, e neste sentido, ficarmos plenos. Romanos 8:9 e Efésios 1:13-14 afirmam que Ele habita dentro de cada crente, mas que pode se entristecer (Efésios 4:30), e sua atividade dentro de nós pode se extinguir (I Tessalonicenses 5:19). Quando permitimos que isto aconteça, não experimentamos a plenitude da operação e poder do Espírito Santo, dentro e através de nós. Para estarmos plenos do Espírito, Ele deve ter liberdade para ocupar cada parte de nossas vidas, nos guiando e controlando. Seu poder, então, pode ser exercitado através de nós a fim de que o que façamos produza frutos para Deus. Estar cheio do Espírito não se aplica somente a atos externos; também se aplica aos pensamentos mais secretos e motivações para nossos atos. Salmos 19:14 diz: “Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!”
O pecado é o que nos separa de estarmos cheios do Espírito Santo, e a obediência a Deus é a maneira pela qual continuamos cheios do Espírito. Nosso foco deve ser a plenitude, como dito em Efésios 5:18, mas apesar disso, orar para estarmos cheios do Espírito Santo não é o que faz com que o sejamos. Somente nossa obediência aos mandamentos de Deus permite ao Espírito liberdade para trabalhar dentro de nós. Por sermos criaturas pecadoras, é impossível estarmos cheios do Espírito todo o tempo. Devemos lidar imediatamente com o pecado em nossas vidas, e assim renovar nosso compromisso em estarmos cheios do Espírito e por Ele guiados.

 

 

Todo cristão comprometido com Deus deseja do fundo do coração ser cheio do Espírito Santo.

 

Mas, para que isso aconteça é preciso esvaziar o coração de tudo o que nos afasta do Senhor. A palavra esvaziar significa tornar vazio, desocupar. Isto é, devemos desocupar a nossa casa espiritual (coração) para dar lugar ao Espírito de Deus. Se estivermos cheios de orgulho, vontade própria, vaidade, raiva, murmuração etc, então o Espírito Santo não terá espaço para atuar em nossas vidas.É por isso que poucos vivem cheios do Espírito Santo, pois não querem negar a si mesmos e ter uma vida de obediência. Devemos seguir o exemplo de Paulo que abriu mão dos seus títulos religiosos, reconhecimento das pessoas e negou a sua vida para viver os planos de Deus. Veja o que ele disse:

"Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim" (Gálatas 2:20).

Enquanto não morremos para o nosso eu, não poderemos experimentar uma vida cheia do Espírito Santo. A Bíblia diz que "a carne deseja o que é contrário ao Espírito; e o Espírito, o que é contrário à carne. Eles estão em conflito um com o outro, de modo que vocês não fazem o que desejam" (Gálatas 5:17).É impossível alguém ser controlado pela carne e viver a plenitude do Espírito. Para sermos cheios do Espírito Santo precisamos crucificar as obras da carne (Romanos 8:5) e renovar nossa mente dia após dia com a Palavra de Deus (Rm 12:1,2). Não é algo fácil, pois requer disciplina e perseverança, mas o resultado é maravilhoso! Quando estamos cheios do Espírito Santo, nós produzimos os frutos do Espírito: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio” (Gálatas 5:22,23) e experimentamos a presença de Deus constantemente no nosso coração.Jesus vivia em constante comunhão com o Pai e isso o capacitava a enfrentar os ataques de Satanás. Se quisermos também ser fortes espiritualmente para vencer as lutas e fazer a vontade de Deus, devemos exercer algumas práticas espirituais além da oração. Paulo nos ensina quais são elas:"Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem-se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, dando graças constantemente a Deus Pai por todas as coisas, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo. Sujeitem-se uns aos outros, por temor a Cristo" (Efésios 5:18-21).

1) Cantando louvores a Deus (versículo 19)

Muitas pessoas bebem para lidar ou fugir dos problemas e dificuldades emocionais. É uma forma de se refugiarem, mas Paulo disse que a melhor defesa para o cristão contra a tristeza e depressão é cantar louvores a Deus. Através de salmos, hinos e cânticos espirituais, levantamos o nosso espírito e o fortalecemos. Com isso somos capazes de ajudar e encorajar os outros. Os cânticos servem também para mostrarmos a nossa gratidão a Deus nos momentos de alegria (Tiago 5:13).

2) Dando graças a Deus (versículo 20)

Pessoas carnais geralmente se preocupam somente com as coisas deste mundo. Elas estão sempre alimentando a inveja, murmuração, frustração, mas o discípulo de Cristo está sempre agradecendo, pois ele enxerga a vida com os olhos da fé. Ele sabe que até mesmo as coisas que dão errado, Deus fará tudo cooperar para o seu bem. Quando entendemos que tudo que enfrentamos é para o nosso crescimento espiritual, e que os sofrimentos de hoje não se comparam com glória eterna reservada para nós (Rm 8:18), nós encontramos muitos motivos para agradecer.

3) Sujeitando uns aos outros (versículo 21)

Uma das coisas que mais trazem satisfação na vida é servir as pessoas. Aqueles que são egoístas e ambiciosos, nunca se sentem realizados e jamais serão cheios do Espírito Santo. Mas quando decidimos colocar em prática o amor e nos preocupamos com as necessidades dos outros, o Espírito Santo nos enche e sentimos uma alegria que não dá para explicar. Jesus disse: "Mais bem-aventurado é dar que receber" (Atos 20:35).
 

 

E não vos embriagueis com vinho!

 

 

“E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor, com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.” Efésios 05:18,21.

 

É importante assimilar a relação entre a doutrina da igreja e a doutrina do Espírito Santo, que aparece nesta carta. Paulo ensina a doutrina da plenitude do Espírito Santo dentro da estrutura da Igreja de Deus.Vejamos o que Paulo nos ensina acerca do Espírito Santo, num contexto mais abrangente desta carta:

- No capítulo 1, ensina que o Espírito Santo é o selo de todas as bênçãos espirituais, ou seja, é Ele que nos marca para Deus, como sendo sua propriedade;

- Já no capítulo 2, Paulo afirma que a barreira entre judeus e gentios fora rompida por intermédio do Espírito Santo, ou seja, o acesso de ambos a Deus é feito pelo Espírito e que o mesmo Espírito Deus habita na igreja;

- No capítulo 3, é mencionado que pelo Espírito Santo o evangelho fora revelado aos apóstolos e profetas.

- No capítulo 4, Paulo diz que é o Espírito quem concede paz que mantém cristãos unidos.

- No capítulo 5, lemos que a igreja deve ser cheia do Espírito e por fim no capítulo 6, Paulo ao tratar da guerra espiritual, nos orienta a orar no espírito.Tratando agora da perícope  de Efésios 05:18,21, qual o significado de ser cheio do Espírito Santo? Devemos ressaltar de que, apesar de Paulo usar uma linguagem figurada (“enchei-vos do Espírito”) é evidente que para ele o Espírito Santo é uma pessoa, é Deus e não uma força ou algo que possamos manipular.Paulo nesta passagem nos ordena a nos submeter ao domínio do Espírito Santo, de tal forma que todas as áreas de nossa vida, fiquem sob seu controle e que o fruto do Espírito encha o nosso ser, assim como um vaso.A idéia de ser cheio pelo Espírito Santo significa ser controlado pelo Espírito. Paulo chega a contratar alguém que está embriagado com alguém que está cheio do Espírito.A embriaguez consiste no domínio ou controle de alguém pelos efeitos do álcool. Quando alguém está embriagado, o álcool já subiu a sua mente e já o dominou de tal maneira que tudo o que ela fizer será feito pelos efeitos do álcool. Uma pessoa embriagada, não percebe mais o que faz; ela perde o controle de sua vida. Paralelo a essa situação, Paulo afirma que uma pessoa cheia do Espírito terá suas palavras, ações, sentimentos, caráter influenciados pelo Santo Espírito.Uma pessoa embriagada perde todo o domínio de si, enquanto uma pessoa dominada pelo Espírito Santo, mais domínio sobre si terá.

Conclusão

Podemos compreender que a vontade de nosso Senhor, é que cada cristão viva na plenitude do Espírito. Somente por intermédio do Espírito de Deus, temos condições e somos capacitados a realizar aquilo que o Senhor projetou para sua Igreja. Não estamos falando de crentes pentecostais, dons ou línguas estranhas, mas falamos de termos nossas vidas, na integralidade, controlada por Deus. Ser controlado pelo Espírito é o que cada cristão deve buscar. Se o projeto do Senhor é formar uma nova sociedade, não existe outra forma ou maneira de se formar uma coletividade de santos a não ser por intermédio de Seu Espírito.

 

 

SETE PASSOS PARA SER CHEIO DO ESPÍRITO SANTO DE DEUS

 

 

Todo cristão comprometido com Deus, deseja do fundo do seu coração, ser cheio do Espírito Santo de Deus. Mas para isso, precisamos tomar alguns cuidados. Fazer algumas escolhas. Dar alguns passos em direção a uma vida santa na presença do Senhor.  Efésios 5. 1-17 “SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; e andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros. Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no SENHOR; andai como filhos da luz. (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade).

 Aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe. Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, Remindo o tempo; porquanto os dias são maus. Por isso não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor”.  Só existe uma maneira de vencermos os problemas, as dificuldades e as aflições que este mundo nos impõe. É andarmos na presença de Deus. Precisamos estar cheios do Seu Santo Espírito, para podermos tomar decisões sábias e nos desviarmos das astutas ciladas de Satanás em nossas vidas.Mas para sermos cheios do Espírito Santo de Deus, temos que tomar algumas atitudes…

– Primeiro, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos SACRIFICAR OS NOSSOS DESEJOS.

A Palavra de Deus nos diz em Ef 5.1 que devemos ser “imitadores de Deus”. O Nosso Deus é um Deus Santo, e para começar a buscar a santidade devemos “sacrificar” os prazeres da CARNE, prazeres DESTE MUNDO. Tudo quanto nos escraviza deve ser retirado de dentro de nós, pois Deus não escraviza ninguém, e se isto esta acontecendo, então não provem de Deus.

– Segundo, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos ser PUROS. Infelizmente a cidade de Éfeso estava vivendo em imoralidade e ganância. Paulo exorta que devemos ser puros, qualquer assunto de imoralidade, ganância, cobiça, não pode nem ser assunto de conversa entre nós.

– Terceiro, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos dar GRAÇAS EM TUDO. A Palavra de Deus nos diz em 1 Tessalonicenses 5.18 “Em tudo dai graças; porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco.” Não importa os fatos e os acontecimentos, o que nos importa é fazer a vontade de Deus.  Portanto o que quer que esteja acontecendo em sua vida, dê graças. Não é uma questão de agradecer o sofrimento, mas sim agradecer a Deus, pois Ele sabe todas as coisas, e certamente usará o nosso sofrimento para nosso bem. Para nosso crescimento. Pois a Palavra de Deus afirma que tudo coopera para o bem daqueles que amam o Senhor.

– Quarto, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos OBEDECER. A obediência gera em nossos corações a confiança. Como filhos obedientes, “não vos conformeis às concupiscências que antes tínheis na vossa ignorância” (I Pedro 1.14).

Precisamos dar atenção ao que o Espírito Santo de Deus nos fala.  A Palavra de Deus nos orienta a obedecer para desfrutarmos as bênçãos de Deus em nossas vidas. A obediência não é apenas um passo fundamental na vida do cristão que quer ser cheio do Espírito Santo de Deus, mas também uma confirmação, um testemunho de que a sua vida pertence ao Senhor.

– Quinto, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos MUDAR ANTIGAS ATITUDES. Em Ef. 5.8 Quando Paulo fala ‘éreis trevas’, significa dizer que o cristão vivia no pecado e era do diabo.  Porém passou a ser Luz. Paulo esta dizendo que ‘agora’ devemos mudar nosso modo de pensar, sentir, e agir, para sermos condizentes com a posição que nós ocupamos em Cristo.

– Sexto, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos ter DISCERNIMENTO. Ef.5 11-12 nos diz: “Não vos associeis às obras infrutuosas das trevas, antes, porém, condenai-as; porque as coisas feitas por eles em oculto, até o dizê-las é vergonhoso. Como cristãos, devemos discernir o local, o grupo e as conversas que podemos participar. Se existe comportamento pecaminoso, palavras e atitudes que desagradam a Deus… Afaste-se!

– Sétimo, para sermos cheios do Espírito Santo de Deus devemos SER LUZ. A Palavra de Deus nos diz em Ef. 5.13 – que tudo que se manifesta é luz. A manifestação de luz deve ser constante em nossas vidas, nada deve ser ou estar em oculto… Tudo quanto fizermos deve ser claro…   Não podemos deixar dúvidas no nosso caminhar com Jesus…    O nosso testemunho de vida deve ser exemplo para os que estão ao nosso redor, sem gerar dúvidas ou envergonhar o evangelho.  Amados, estes são apenas exemplos de como você pode ser cheio do Espírito Santo.  Deus abençoe a sua vida.

 

 

Estudo realizado por Pastor Rogério Costa

Caxias do Sul – 10/02/16

 

Ministério Igualdade Independente

www.ministerioigualdadeindependente.webnode.com.br

Projeto Plantar

www.projetoplantar.webnode.com

 

Envie um comentário sobre o que voce achou deste link!

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!